A depressão Lola, que já atingiu os Açores, chega a Portugal Continental a partir desta sexta-feira, informou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Contactado pela TVI, o IPMA explica que a massa de ar está a deslocar-se para o sul do país, o que vai provocar períodos de chuva intensa, acompanhados de trovoada e pode até haver queda de granizo.

O vento será mais forte esta sexta-feira e sábado, com rajadas nas terras altas. O IPMA poderá mesmo emitir avisos devido à forte precipitação.

Já as temperaturas não vão ter alterações significativas.

Nos Açores, o pior já passou

Segundo a meteorologista Patrícia Marques, a depressão Lola já passou pelos Açores e na Madeira os efeitos foram menos gravosos do que os esperados.

Nos Açores, o pior já passou, tendo sido emitidos avisos de vento e agitação marítima. Na Madeira, apesar de ter ocorrido alguma precipitação, foi menos gravoso do que nos Açores. Tem também aviso amarelo de agitação marítima”, disse.

Na quinta-feira, foram registadas algumas ocorrências nos Açores relacionadas com queda de árvores e estruturas, mas sem causar vítimas ou danos de maior.

O IPMA emitiu aviso amarelo para os grupos central (S. Jorge, Terceira, Faial, Pico e Graciosa) e oriental (São Miguel e Santa Maria) até sábado de agitação marítima e de vento, e para o grupo ocidental (Corvo e Flores) de agitação marítima.

Também a costa norte da Madeira e o Porto Santo estão sob aviso amarelo por causa da agitação marítima, prevendo-se ondas de noroeste com 4 a 4,5 metros, entre as 12:00 de hoje as 12:00 de domingo.

O aviso amarelo é emitido pelo IPMA sempre que existe uma situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

À população em geral, aconselham a que as pessoas permaneçam em casa, em segurança, não se expondo desnecessariamente ao risco.