A Rede de Emergência Alimentar angariou 36 toneladas de alimentos, equivalentes a 73 mil refeições, numa campanha de solidariedade ao longo de um mês organizada por uma rede de centros comerciais.

Os alimentos foram doados pelos clientes da rede de centros comerciais Sonae Sierra, que entre 18 de fevereiro e 17 de março tiveram à sua disposição em locais estratégicos naqueles pontos comerciais caixas para doação de alimentos para serem entregues à Rede de Emergência Alimentar.

Ao total angariado cada centro comercial fez corresponder uma doação em dinheiro equivalente ao valor calculado dos produtos doados, o que permitiu, na prática, duplicar o valor das dádivas.

Num balanço da campanha, Isabel Jonet, que lidera o projeto da Rede de Emergência Alimentar e preside ao Banco Alimentar Contra a Fome, considerou “muito importante” que as empresas coloquem as suas plataformas “ao serviço da solidariedade”.

A Rede de Emergência Alimentar, que está a dar resposta a carências de 79 mil pessoas, foi criada no início da pandemia, há cerca de um ano, permitindo pedir ajuda através do preenchimento de um formulário online e neste momento não se limita a apoio alimentar, ajudando também famílias a pagar despesas correntes.

/ JGR