“Vestia umas calças de ganga e uma camisola castanha”, acrescentou a mãe que disse ainda que “não lhe conhecia qualquer namorico”.

“Não acredito que tenha ido embora por sua livre vontade”, acrescentou.


“Apenas se ouvia alguém a respirar, nada mais”, referiu.


Guimarães Digital