Na zona Norte estão 19 meios inoperacionais, contando apenas três ambulâncias do INEM prontas a agir em situação de urgência, segundo uma fonte Instituto Nacional de Emergência Médica revelou à TVI.

A situação mais caótica aconteceu em Guimarães, que esteve sem ambulâncias do INEM, entre a meia-noite e as 16 horas deste domingo, numa altura em que estão mais de 30 mil adeptos na cidade. No Porto, o CODU também apresenta limitações, com apenas metade dos operacionais previstos, e três ambulâncias operacionais.

Na cidade do Porto, em pleno caos do sistema de emergência, diversas ambulâncias estão destacadas apenas para uso exclusivo de adeptos, que assistem ao jogo entre Portugal e Holanda.