"Não me agrada, porque acho que não há motivos para qualquer medida de coação, esta ou outra", frisou.






Redação / CF