Um menor português, de 15 anos, natural de Leiria, morreu, nesta quarta-feira, em Espanha, quando esquiava na estância de Sierra de Béjar-La Covatilla, em Salamanca, de acordo com os jornais de Salamanca.

Segundo o autarca de Béjar, Alejo Riñones, citado pela imprensa local, o jovem português começou a sentir-se mal cerca das 11:30 horas locais, quando estava na pista de esqui para iniciantes. Disse aos colegas da escola de Leiria e ao monitor que os acompanhava que estava a sentir fortes dores de cabeça, tendo sido de imediato reencaminhado para a clínica da estância, situada nas imediações.

"Rapidamente, os técnicos aperceberam-se de que se tratava de algo grave, porque sofreu várias paragens cardiorrespiratórias, pouco depois", descreveu Alejo Riñones ao Salamanca24horas.

O óbito acabou por ser declarado no local, cerca das 14 horas, depois de o menor português ter sido assistido, primeiro, pelo médico da estância e, depois, pelos serviços de emergência de Castela e Leão (Sacyl), que não conseguiram estabilizar o jovem para poder transferi-lo para uma unidade hospitalar.

O jovem foi identificado e os familiares notificados, tendo o autarca de Béjar enviado condolências à família do menor português.

O jovem, natural de Leiria, terá chegado à estância na terça-feira, onde iria permanecer até quinta-feira.

A autópsia vai ser realizada no Instituto de Anatomia Forense de Salamanca, mas tudo apontará, de acordo com o autarca de Béjar, para um acidente vascular cerebral (AVC), uma vez que o jovem “não terá sofrido nenhuma queda ou acidente”.

Catarina Machado