A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Leiria, deteve um homem suspeito de abuso sexual de menores e violência doméstica, que perdurava há “vários anos”, foi hoje anunciado.

Após uma denúncia, a Polícia Judiciária de Leiria desenvolveu de imediato a investigação para que “rapidamente ficasse garantida a segurança das vítimas”, disse à Lusa o coordenador da PJ de Leiria, Gil Carvalho.

Segundo explicou, o homem é suspeito da prática dos crimes de abuso sexual de crianças, abuso sexual de menores dependentes, ambos agravados, face à relação familiar e idade das vítimas e também de violência doméstica, ocorridos na zona de Leiria.

Gil Carvalho revelou que as vítimas sofreram “ao longo de vários anos e de forma reiterada maus-tratos físicos e psíquicos”, assim como ofensas sexuais a uma das vítimas, menor de idade.

Após terem sido emitidos mandados de detenção pelas autoridades judiciárias competentes no Departamento de Investigação e Ação Penal de Leiria, a PJ deteve o suspeito, um homem de 43 anos, operário na construção civil em país estrangeiro.

O arguido foi detido esta semana durante o seu regresso a Portugal, “evitando-se o contacto com as vítimas e bem assim a continuação da atividade criminosa”.

Gil Carvalho sublinhou que após ter sido apresentado ao juiz de instrução criminal foi aplicada ao detido a medida de coação de proibição de contactos com as vítimas, por qualquer meio.

Desta forma, as vítimas puderam permanecer em casa, como deve suceder sempre nestas situações”, afirmou, reforçando a importância da proteção à vítima.

/ JFP