A PSP de Leiria anunciou esta quinta-feira a detenção de um suspeito de violência doméstica, que foi obrigado a abandonar a residência onde vivia com a vítima por ordem judicial, disse à Lusa fonte policial.

Segundo uma nota de imprensa, a PSP, através da Esquadra de Investigação Criminal de Leiria, procedeu à detenção de um homem, com 39 anos, em cumprimento de mandado de detenção fora de flagrante delito, por crime de violência doméstica contra a sua mãe, uma mulher de 76 anos com quem vivia.

Após ter sido presente a primeiro interrogatório judicial, foi determinado a abandonar a residência no período de quatro horas e proibição de contactos com a sua progenitora, por qualquer meio.

Em resposta à agência Lusa, a PSP informa que o homem abandonou a casa acompanhado por agentes policiais na retirada dos seus bens essenciais sem oferecer qualquer resistência.

A PSP tomou conhecimento dos alegados crimes através de uma denúncia anónima, sendo que "os episódios de violência remontam a 2015 e mantiveram-se ao longo do tempo”.

A vítima era sujeita a "cenários de extorsão de dinheiro para obtenção de estupefacientes, a par com agressões físicas e psicológicas".