O Hospital Beatriz Ângelo, em Loures, já não tem camas disponíveis em Unidade de Cuidados Intensivos (UCI) para doentes infetados com covid-19. 

Ao que a TVI24 conseguiu apurar, desde domingo que são 10 os doentes internados um cuidados intensivos, seis dos quais ventilados. 

Desde o início da segunda vaga de covid-19 em Portugal, é a primeira vez que este hospital atinge o limite. Ora, perante este cenário, e a manter-se a pressão, o Beatriz Ângelo vai ser obrigado a suspender as cirurgias não-urgentes. 

Internados em enfermaria encontram-se 75 doentes infetados com covid-19. 

Recorde-se que o Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE) também está com "lotação completa" em UCI para doentes com covid-19. Um cenário que acontece pela segunda vez nos últimos dias.

A primeira lotação da UCI COVID registou-se na passada quinta-feira e, apesar de algumas vagas, entretanto, hoje voltou a ter a lotação completa", indicou a fonte do gabinete de comunicação e marketing do HESE.

A mesma fonte precisou que a UCI covid do HESE tem oito doentes com covid-19, que se juntam aos 15 que se encontram em enfermaria, num total de 23 pessoas infetadas com covid-19 internadas naquela unidade hospitalar alentejana.

Redação / CE