Dois cidadãos estrangeiros foram detidos por tráfico de cocaína no aeroporto espanhol de Alicante/Elche, após terem passado por Lisboa, numa ação conjunta entre a PJ e o Polícia Nacional de Espanha, indicou hoje a polícia portuguesa.

Em comunicado, a Polícia Judiciária adianta que, numa ação conjunta entre a Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes da PJ e o Polícia Nacional, foi possível deter em Espanha, nos últimos dias, dois homens de nacionalidade estrangeira suspeitos de tráfico de droga

Segundo a PJ, as detenções ocorreram no âmbito do controlo regular exercido sobre os movimentos de passageiros oriundos de países considerados de risco, visando a prevenção da introdução de droga no espaço europeu e inseriu-se numa ação de cooperação policial internacional, uma vez que o destino final da cocaína era Espanha.

A PJ adianta que foi apreendida aos detidos “significativa quantidade de cocaína com elevado grau de pureza”, que transportaram desde um país da América Latina até Espanha, com passagem por Portugal, encontrando-se a droga dissimulada na estrutura das malas de viagem.

Aquela polícia avança que caso a droga chegasse aos circuitos ilícitos de distribuição seria suficiente para a composição de pelo menos 80.000 doses individuais.

As investigações continuam em Portugal e em Espanha, a cargo da Polícia Judiciária e do Polícia Nacional de Espanha.