A PSP realizou na noite de sábado para domingo uma operação de fiscalização dos bares no Bairro Alto e no Cais do Sodré, em Lisboa, mas encontrou ruas desertas devido ao recolher obrigatório, disse à Lusa fonte policial.

Não havia nenhum estabelecimento que estivesse em incumprimento das normas que estão agora em vigor no estado de emergência", disse à Lusa o subcomissário Mendonça, da Polícia de Segurança Pública (PSP), sublinhando que "o movimento era inexistente".

As poucas pessoas que a PSP abordou "estavam à entrada de prédios, vieram à rua só para fumar um cigarro", acrescentou.

A operação, que mobilizou 13 agentes, decorreu entre o final da noite de sábado e o início da madrugada de hoje, das 22:30 às 00:30.

O cumprimento do recolher obrigatório tem sido constatado pela PSP em várias operações de fiscalização conduzidas este fim de semana.

Na tarde de sábado, entre as 16:00 e as 18:30, uma operação na entrada da ponte 25 de Abril, no sentido Lisboa-Almada, detetou apenas duas situações de violação do recolher obrigatório, entre as 220 viaturas fiscalizadas. Segundo fonte do Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, os condutores foram encaminhados para as suas residências.

Já na madrugada de sábado, a PSP tinha fiscalizado 470 veículos na ponte 25 de abril, mas não identificou nenhum caso de violação do recolher obrigatório instaurado para combater a pandemia.

"Todos os casos que foram fiscalizados, em 470 veículos, tinham justificação para estar a circular àquela hora", disse nessa altura à Lusa o comandante Félix, da divisão de trânsito da PSP de Lisboa.

A maioria eram pessoas que "vinham do trabalho" ou "iam trabalhar" e "traziam declarações da entidade patronal para poderem deslocar-se", precisou a mesma fonte.

Em alguns casos, regressavam a casa "após terem jantado, apenas não estavam em casa porque houve um congestionamento e não conseguiram chegar à hora que pretendiam".

Portugal está em estado de emergência desde 09 de novembro, que se prolonga até 23 de novembro, período durante o qual há recolher obrigatório nos concelhos de risco de contágio mais elevado e municípios vizinhos. A medida abrange 114 concelhos, número que passa a 191 a partir de segunda-feira.

Durante a semana, o recolher obrigatório tem de ser respeitado entre as 23:00 e as 05:00, enquanto nos fins de semana a circulação está limitada entre as 13:00 de sábado e as 05:00 de domingo e entre as 13:00 de domingo e as 05:00 de segunda-feira.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.305.039 mortos resultantes de mais de 53,4 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 3.305 pessoas dos 211.266 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

/ BC