Outros destaques:

- «Sei que posso ser boa mãe. Sei que às vezes não fui e senti culpa e raiva». Mãe biológica da criança russa acredita que a filha nem vai lembrar-se que um dia se chamou Alexandra. As palmadas, diz, são saudáveis.

- «Entreguei em mãos uma carta na Procuradoria». Dias Loureiro disponibiliza-se para esclarecer deputados sobre o caso BPN. Pinto Monteiro vai analisar o pedido do ex-conselheiro de Estado.