A Junta de Freguesia do Parque das Nações, em Lisboa, decidiu "organizar" o Jardim das Ondas, no Parque das Nações, para que todos possam "desconfinar em segurança".

Localizado entre o Oceanário de Lisboa e o rio Tejo, o Jardim das Ondas tem cerca de oito mim metros quadrados e é um dos locais de lazer mais procurados na zona.

Para que o desconfinamento seja seguro, a Junta de Freguesia do Parque das Nações criou uma solução temporária para a reativação do jardim, "implementando marcadores circulares que incentivam o distanciamento social".

"Esta instalação, do estilo ‘StoDistante’ é composta por representações visuais pintadas no espaço verde do Jardim das Ondas, utilizando tinta não tóxica para pessoas e animais e inofensiva para o relvado e que aconselham ao uso consciente do espaço, garantindo o afastamento social recomendado pelas autoridades", pode ler-se no Facebook da autarquia.


A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 373 mil mortos e infetou mais de 6,2 milhões de pessoas em 196 países e territórios.

Cerca de 2,6 milhões de doentes foram considerados curados.

Em Portugal, morreram 1.424 pessoas das 32.700 confirmadas como infetadas, e há 19.552 casos recuperados, de acordo com a Direção-Geral da Saúde.

Andreia Miranda