A GNR de Loulé apreendeu, esta terça-feira, uma centena de pedras preciosas ligadas à rede internacional dos diamantes de sangue. Segundo o que a TVI24 apurou, a apreensão foi feita em Albufeira depois de uma investigação de três meses.

Um português, de 60 anos, foi detido em casa, em Albufeira, no âmbito de um processo de burla qualificada, depois dos militares de núcleo de investigação de Loulé, após uma investigação de três meses, terem dado cumprimento a um mandado de busca.

No cumprimento do mandato foram encontradas centenas de pedras preciosas - diamantes e esmeraldas - na residência.

Marisa Rodrigues / AM