A GNR deteve, na terça-feira, dois homens, com 22 e 29 anos, no concelho de Loulé, distrito de Faro, por passagem de nota falsa e tráfico de droga, foi hoje anunciado por aquela força policial.

Na sequência de várias denúncias de que estavam a circular notas falsas, a GNR apurou que “os suspeitos se deslocavam a estabelecimentos comerciais”, nos quais faziam compras e “pagavam com notas falsas de 50 euros”, lê-se em comunicado divulgado.

Após uma investigação, os militares localizaram os suspeitos e abordou-os “numa esplanada de um estabelecimento comercial”.

Os dois homens foram revistados, tendo-lhes sido apreendidas 76 notas falsas de 50 euros (num total de 3.800 euros), 865 euros em notas e moedas, 95 pastilhas ecstasy, 33 doses de cocaína, três telemóveis e diversos artigos que, segundo a GNR, terão sido comprados com notas falsas.

Segundo a GNR, os detidos têm pendentes mandados de detenção emitidos por Itália e Espanha, países que fazem parte do espaço Schengen.

Os detidos vão permanecer nas instalações da GNR até serem presentes a tribunal, o que deverá acontecer ainda hoje.