A Polícia Judiciária (PJ) deteve, na ilha da Madeira, um homem suspeito da prática do crime de pornografia de menores na forma agravada, informou esta terça-feira o Departamento Criminal do Funchal daquela força de segurança.

Segundo a PJ, o suspeito, de 35 anos, foi detido com a colaboração da Unidade Nacional de Combate ao Cibercrime e à Criminalidade Tecnológica.

Na sequência da sinalização por organismo internacional de atividades suspeitas de indiciar a prática de crimes de pornografia de menores em meio digital, foram desenvolvidas diligências de investigação, nomeadamente uma busca domiciliária, tendo-se procedido à apreensão de diversos suportes informáticos contendo milhares de ficheiros de imagem e vídeo relativos a pornografia infantil que possuía e partilhava, pelo menos desde 2011", informou a PJ.