O Presidente da República aterrou esta terça-feira pelas 13:40 (14:40 em Lisboa) no Corvo, Açores, mostrando-se otimista para a noite de fim de ano que vai passar junto dos cerca de 450 habitantes da ilha.

Falando aos jornalistas à chegada, o chefe de Estado revelou que a ideia é passar o fim de ano na ilha do Corvo surgiu do antigo presidente da Assembleia da República, Jaime Gama, que é açoriano.

Marcelo Rebelo de Sousa chegou ao Corvo acompanhado pelo presidente do Governo dos Açores, Vasco Cordeiro, e à sua espera tinha algumas dezenas de habitantes da terra, aproveitando os primeiros minutos na ilha para tirar algumas fotografias e beber uma imperial, que o próprio tirou na sua passagem pelo restaurante Caldeirão, a escassos metros da aerogare.

Este ano, e pela primeira vez, a mensagem de Ano Novo do Presidente da República é transmitida a partir do Corvo, nos Açores, onde Marcelo Rebelo de Sousa faz a sua passagem de ano, com os habitantes da ilha açoriana, a 1.890 quilómetros de Lisboa.

Eleito em 24 de janeiro de 2016, Marcelo Rebelo de Sousa tomou posse em 9 de março e fez a sua primeira mensagem aos portugueses, através da televisão, em 1 de janeiro de 2017.

Todas as mensagens do atual chefe de Estado têm uma duração de cerca de oito minutos.

/ AG