O Presidente da República defendeu este sábado que agora importa fazer um levantamento dos danos causados pelas cheias no Baixo Mondego, na semana passada, tendo realçado a “capacidade de resistência” das populações.

É preciso fazer o levantamento dos prejuízos para ver como se avança”, disse Marcelo Rebelo de Sousa aos jornalistas em Montemor-o-Velho, Coimbra, que elogiou a "capacidade de resistência" das pessoas afetadas.

O Presidente da República prestava as primeiras declarações na vila de Ereira, naquele município do distrito de Coimbra, durante a visita que está a efetuar, hoje à tarde, aos locais do Baixo Mondego mais afetados pelas cheias da semana passada.

/ HCL