A Polícia Judiciária de Braga encontrou em Vagos, Aveiro, a menor de Ponte de Lima que estava desaparecida há uma semana, confirmou a TVI junto de fonte da PJ.

A jovem encontrava-se no interior de uma casa acompanhada por um homem de 24 anos, "sem ocupação profissional e amplamente referenciado pela prática de crimes de natureza sexual envolvendo menores de idade", que foi detido, esclareceu a PJ em comunicado.
 
O detido, residente na zona, foi indiciado pela prática de, pelo menos, um crime de rapto agravado e vai ser presente a interrogatório judicial e aplicação de medidas de coação.

Mariana Leirinha, de 13 anos, saiu de casa dos pais, em Beiral do Lima, na passada sexta-feira, 3 de março, não chegou a ir à escola, tendo sido vista em Braga e encontrada na localidade de Vigia, Vagos, distrito de Aveiro.

A menor "encontra-se bem", disse ainda a fonte da PJ à TVI.

Familiares e amigos já tinham dito à TVI, na segunda-feira, que a jovem teria sido aliciada por um jovem de 25 anos nas redes sociais.

O telemóvel de Mariana Fernandes foi localizado, no sábado, em Vagos.

De acordo com o jornal local O Ponto, que registou, em exclusivo, o momento em que a menor foi encontrada pela PJ, Mariana Leirinha foi encontrada nos anexos de uma casa desabitada em Vigia, Vagos, cerca das 9 horas.

Segundo, ainda, O Ponto conseguiu apurar junto dos vizinhos, o suspeito será enteado dos proprietários, que, por estarem separados, não residem naquela habitação.

A polícia Judiciária recolheu provas e levou Mariana Leirinha pelas 11 horas.