A Marinha está a investigar a queda de uma caixa com mil munições quando estava a ser transportada para a Escola de Fuzileiros, no Vale de Zebro, Barreiro, encontrada posteriormente por um automobilista que entregou à polícia.

O caso ocorreu na quarta-feira durante o transporte das munições retraídas da última missão dos Fuzileiros na Lituânia, que chegaram a Portugal por via marítima e estavam a ser transportadas para a Escola de Fuzileiros, no Barreiro, distrito de Setúbal.

Um cunhete [caixa] de mil munições de 9 mm caiu da viatura de transporte. A equipa de transporte não se apercebeu da queda da caixa”, refere a Marinha em comunicado enviado à agência Lusa.

A caixa com as munições acabou por ser recolhida por um condutor civil e foi entregue à PSP de Setúbal.

A caixa com as munições foi recolhida por um condutor civil, que seguia atrás das viaturas de transporte, e entregue em segurança à PSP de Setúbal, que fez chegar esta informação à Defesa Nacional”, acrescenta o documento.

Fonte da Marinha disse à Lusa que foi aberto um “processo de averiguações, com caráter de urgência”, para apurar as causas do incidente, assegurando não existir nenhum material em falta.