O filho que matou a mãe, de 75 anos, na freguesia de Repeses e São Salvador, no concelho de Viseu, ficou em prisão preventiva, disse hoje à agência Lusa fonte policial.

O arguido, de 37 anos e detido no domingo, foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo o juiz de instrução criminal aplicado a medida de coação mais gravosa: a prisão preventiva.

A vítima foi encontrada morta no quarto da sua casa por familiares, na noite de sábado, na freguesia de Repeses e São Salvador, concelho de Viseu, com “sinais de violência", disse nesse dia à agência Lusa fonte policial.

Esta fonte acrescentou que havia suspeitas de que se tinha tratado de um homicídio, uma vez que, no quarto da vítima, foi encontrado um martelo com vestígios de sangue.

/ PP