Há uma semana a TVI revelou que o Ministério Público tinha suspeitas de que o milionário alemão Matthias Schmelz pagaria fortunas para ter orgias com raparigas menores, em Cascais.

Novos desenvolvimentos deste caso revelam que o empresário tinha uma jovem de 15 anos que o ajudava a angariar outras raparigas da mesma idade em escolas públicas de Lisboa. A TVI sabe que uma das escolas é em Telheiras.

A TVI conseguiu chegar ao contacto com algumas das mães das raparigas.

Lembro-me de a minha filha dizer que a angariadora abordava as colegas de forma indiscriminada”, afirma uma das mães.

Para ter sexo em grupo com Matthias Schmelz, cada uma das jovens receberia cerca de 400 euros.

Lembro-me de ter visto uma fotografia com notas abertas em leque, uma quantia avultada”, refere uma das testemunhas.

Segundo uma das mães ouvidas pela TVI, as jovens utilizariam o dinheiro para comprar malas ou por vezes até droga. Outras raparigas receberiam os pagamentos apenas por diversão.

O caso foi denunciado há cerca de um ano às autoridades por algumas mães de jovens aliciadas.

O tema vai estar em destaque na noite informativa da TVI. Novas revelações vão ser feitas no Jornal das 8. Na 21ª Hora, da TVI24, seguir-se-à um debate.