Um avião cancelou a viagem para a Madeira e seis outros divergiram para outros aeroportos devido às más condições atmosféricas na zona do Aeroporto Cristiano Ronaldo, disse à Lusa fonte aeroportuária.

Segundo a mesma fonte, um voo da easyJet proveniente de Lisboa divergiu para Porto Santo, um da TAP saiu de Lisboa e regressou à capital, um Thomson de Birmingham (Inglaterra) foi para Tenerife (Espanha), outro um Thomson de Manchester (Inglaterra) rumou para Porto Santo, um Transavia de Nantes (França) divergiu para o Porto e um Jet2.Com, de Londres (Inglaterra) foi para Porto Santo.

Entretanto, depois de ter divergido um voo para o Porto, a Transavia cancelou a viagem para a Madeira.

O avião da Binter, que faz a ligação Funchal-Porto Santo, ainda não fez a primeira viagem de hoje.

Segundo fonte aeroportuária, as más condições atmosféricas devem-se à chuva e à neblina, que dificultam a aproximação dos aviões ao aeroporto da Madeira.

O arquipélago da Madeira está sob aviso meteorológico amarelo para precipitação até ao final de terça-feira.

O Aeroporto da Madeira - Cristiano Ronaldo tem hoje programados 94 voos (47 chegadas e 47 partidas até às 00:55 horas), tendo já partido quatro aviões e registado uma chegada.

Movimento aéreo tende a normalizar

O movimento aéreo no Aeroporto da Madeira - Cristiano Ronaldo está hoje a normalizar, depois desta manhã seis aviões terem divergido devido à chuva e fraca visibilidade, disse fonte aeroportuária.

"O tempo abriu e os aviões estão a regressar e a aterrar e a situação está a normalizar", disse uma fonte aeroportuária.