Cerca de uma centena de linhas de alta e média tensão ainda continuam inoperacionais, devido à passagem da depressão Elsa, sendo os distritos de Viseu, Coimbra e Guarda os mais afetados, informou hoje a EDP Distribuição.

Segundo um comunicado da empresa, pelas 13:00, a EDP tem mobilizados no terreno “mais de 1.500 operacionais” e já instalou cerca de 60 geradores nas zonas mais afetadas para fazer face aos problemas de iluminação.

O número de consumidores sem energia tem vindo a reduzir, embora ainda seja muito elevado, na ordem dos milhares”, aponta a empresa, adiantando que "não existe ainda previsão para a resolução integral do fornecimento de energia".

Os distritos mais afetados, ainda com cerca de uma centena de linhas de alta e média tensão dadas como inoperacionais, são os de Viseu, Coimbra e Guarda, com postes danificados.

A EDP sublinha que se mantém atenta à evolução meteorológica, em articulação com as autarquias e com as autoridades nacionais e locais de segurança e proteção civil.