A chuva regressa ao território do continente na sexta-feira e prolonga-se pelo menos até domingo, prevendo-se ainda vento forte e queda de neve.

Hoje [quinta-feira] ainda vamos ter um dia com céu pouco nublado ou limpo. A partir do início da manhã de sexta-feira teremos períodos de maior nebulosidade no Norte e Centro e no Minho e Douro Litoral, já com possibilidade de ocorrência de chuva fraca”, disse à Lusa a meteorologista Maria João Frada.

Segundo a especialista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), nos próximos dias, e pelo menos até domingo, a passagem de superfícies frontais, embora não sejam de atividade muito forte [que] vão dar alguma precipitação no continente.

Sexta-feira vamos ter alguma chuva fraca um pouco por todo o território, mais provável até ao final da manhã, e depois a partir do final do dia. Será temporária e moderada no final do dia, passando depois regime de aguaceiros no Norte e Centro.”

De acordo com Maria João Frada, poderá ocorrer queda de neve nos pontos mais altos da Serra da Estrela.

No sábado será um dia com alguns aguaceiros, mais frequentes no Norte e Centro que serão sob a forma de neve nas terras altas. Será um dia com muito vento a partir do meio da tarde de sexta-feira com rajadas da ordem dos 70 quilómetros por hora e descida da temperatura máxima”, indicou.

No domingo, um novo sistema frontal poderá vir a dar origem a precipitação.

De qualquer forma começamos a ter um padrão mais compatível com uma situação de primavera. Temos os sistemas frontais todos a passar na circulação de um anticiclone que está a sul dos Açores, que não tem tanta atividade, mas dão alguma chuva.”

Na sexta-feira as temperaturas mínimas sobem 3 a 6 graus Celsius, mas no sábado descem as máximas e no domingo não vão registar-se alterações significativas.

Para o início da semana a tendência será para uma melhoria do estado do tempo”, antecipou.