O Ministério da Administração Interna (MAI) disponibilizou apoio na área da proteção civil ao Governo regional da Madeira devido aos estragos provocados pelo temporal da sexta-feira na região norte da ilha.

A secretária de Estado da Administração Interna, Patrícia Gaspar, contactou o secretário regional da Saúde e Proteção Civil da Madeira para disponibilizar apoio na área da proteção civil, na sequência dos danos causados pela situação meteorológica, refere o MAI, numa nota enviada à agência Lusa.

As chuvas fortes que caíram no dia de Natal, especialmente no norte da ilha, provocaram inundações em estradas, algumas derrocadas e estragos em várias habitações.

Trovoada, chuva e queda de granizo marcaram o dia de Natal em grande parte da Madeira, excetuando a ponta oeste da ilha.

Algumas localidades da freguesia da Ponta Delgada, concelho de São Vicente, na costa norte da Madeira, continuam hoje isoladas devido ao temporal que afetou a região no dia de Natal, decorrendo agora trabalhos de limpeza das estradas.

A tempestade fez com que 27 pessoas fossem retiradas das suas casas por motivos de segurança, mas as habitações não sofreram danos significativos, além de inundações.

As operações de limpeza estão a cargo da Câmara Municipal de São Vicente e das freguesias de Ponta Delgada e Boaventura, envolvendo também empresas de construção civil que foram contratadas para o efeito, com maquinaria pesada.

/ Publicada por MM