A praia fluvial do Bostelim, em Vila de Rei, única Bandeira Azul do distrito de Castelo Branco, reabre ao público na segunda-feira, depois de obras de requalificação para reparar os estragos provocados em dezembro pela tempestade Elsa.

Era importante para Vila de Rei e para a forte procura turística das nossas praias fluviais que a zona de lazer do Bostelim abrisse ao público ainda este ano e assim irá suceder na segunda-feira, depois de um investimento significativo por parte do município em duas das praias mais importantes do concelho, a do Penedo Furado e a do Bostelim, na ordem dos 400 mil euros, na sequência dos estragos provocados o ano passado pela tempestade Elsa", disse à Lusa o presidente da Câmara Municipal de Vila de Rei.

Segundo Ricardo Aires, "os estragos foram muito avultados e as obras complexas", tendo sido recuperadas as praias e a sua envolvência, os passadiços e percursos pedestres e os muros de suporte, regularizadas as vias de acesso e de terrenos contíguos e reconstruídos os parques infantis, as casas de banho públicas, as esplanadas, o bar de apoio e todo o seu equipamento ao nível de cozinha, bar e outros.

No total, e "sem poder estar à espera do apoio do governo, que ainda não chegou", a autarquia investiu cerca de 230 mil euros na praia fluvial do Penedo Furado, que reabriu no dia 03 de julho, e 170 mil euros na praia fluvial do Bostelim, que reabrirá na segunda-feira e estará em funcionamento até ao final da época balnear, no dia 15 de setembro.

Estas ofertas turísticas são muito importantes para o concelho e nós não podíamos estar à espera de eventuais apoios governamentais", notou Ricardo Aires.

 

Tivemos de optar e decidimos fazer uma revisão do orçamento municipal para responder a estes estragos provocados pela tempestade e deixar de fazer outras obras, que passaram assim para segundo plano, sem descurar o apoio às pessoas, que esses mantiveram-se e até foram reforçados", notou.

O autarca disse, no entanto, ainda "acreditar que o governo cumpra aquilo que disse e que vai ajudar, porque na região do Médio Tejo não é só Vila de Rei afetado, foram muitos concelhos e alguns com prejuízos muito superiores".

A Praia Fluvial do Bostelim é um dos principais espaços balneares do concelho de Vila de Rei, tendo sido distinguida com a Bandeira Azul e Bandeira Praia Acessível nos últimos cinco anos, juntando-lhe, em 2020, a distinção de Praia Qualidade de Ouro, atribuída pela Quercus.

Na segunda-feira também irá reabrir ao público o Parque de Campismo Rural do Bostelim, mas apenas como apoio a caravanas e autocaravanas, uma vez que o campismo é proibido naquele local devido à pandemia de covid-19, deu conta a autarquia.

O mau tempo em dezembro do ano passado causou prejuízos de 6,7 milhões de euros (ME) em 10 concelhos do Médio Tejo, anunciou em janeiro a Comunidade Intermunicipal (CIMT), que espera do Governo apoios específicos para os estragos em infraestruturas.

O mau tempo provocado pela depressão Elsa, entre os dias 18 e 20 de dezembro, a que se juntou no dia 21 a depressão Fabien, provocou três mortos e deixou 144 pessoas desalojadas e outras 352 deslocadas por precaução.

/ HCL