A Proteção Civil dos Açores registou esta segunda-feira 24 ocorrências devido à chuva forte na ilha de São Miguel, nomeadamente "inundações de habitações, vias obstruídas e arrastamentos de viaturas", sem registo de danos pessoais.

A informação foi avançada em comunicado pelo Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA), indicando que das, 24 ocorrências na sequência das chuvas intensas que se têm feito sentir desde a madrugada de esta segunda-feira na ilha de São Miguel, 13 foram registadas na freguesia dos Mosteiros, concelho Ponta Delgada.

VEJA TAMBÉM: CASAS INUNDADAS E CARROS ARRASTADOS DEVIDO À CHUVA FORTE EM SÃO MIGUEL

Foram ainda identificadas 10 ocorrências na freguesia das Sete Cidades, também no concelho de Ponta Delgada, e uma nas Furnas, concelho da Povoação, informa a Proteção Civil açoriana.

As situações correspondem a inundações de habitações, vias obstruídas e arrastamentos de viaturas, não havendo registo de danos pessoais", especifica o comunicado.

A Proteção Civil adianta ainda que, "a necessidade de realojamento, para as pessoas cujas habitações se encontram inundadas, está a ser avaliada pelo Serviço Municipal de Proteção Civil de Ponta Delgada".

Nos locais têm estado bombeiros de Ponta Delgada e Povoação, Direção Regional das Obras Públicas e Transportes Terrestres, Serviço Municipal de Proteção Civil de Ponta Delgada, Polícia de Segurança Pública (PSP) e Autoridade Marítima, sob coordenação do SRPCBA.

Por "questões de segurança", a Proteção Civil dos Açores apela à população que "evite circular nas zonas afetadas", nomeadamente Mosteiros, Sete Cidades e Bretanha.

Agência Lusa / NM