O movimento no Aeroporto da Madeira – Cristiano Ronaldo, em Santa Cruz, está esta sexta-feira a ser condicionado pelos ventos fortes, tendo divergido dois aviões, dos poucos programados devido à pandemia da covid-19.

Até agora (10:25) divergiram dois voos. Hoje há poucos voos programados, apenas seis”, disse fonte do aeroporto à agência Lusa.

Segundo a mesma fonte, o vento forte afetou o voo da Binter Canárias, que assegura as ligações aéreas entre as duas ilhas habitadas do arquipélago, previsto para as 08:50 e que não conseguiu aterrar na Madeira e regressou ao Porto Santo.

O mesmo aconteceu com uma aeronave da easyJet, do Porto, com aterragem programada para as 09:05, que retornou à origem.

No aeroporto da Madeira estão programadas outras quatro aterragens, nomeadamente dois voos da TAP de Lisboa (11:45 e 22:15), um da Binter do Porto Santo (18:20) e outro da easyJet de Lisboa, às 19:40.

O arquipélago da Madeira vai estar a partir de hoje sob aviso amarelo devido à previsão de chuva, por vezes forte e acompanhada de trovoada, e vento, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

De acordo com o IPMA, o arquipélago vai estar sob aviso amarelo por causa da chuva entre as 09:00 de hoje e as 21:00 de domingo.

O arquipélago vai estar também sob aviso amarelo entre as 09:00 e as 18:00 de hoje devido à previsão de vento forte de nordeste, com rajadas até 95 quilómetros por hora (km/h).

O aviso amarelo é emitido pelo IPMA sempre que existe risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

O IPMA prevê para hoje no arquipélago céu geralmente muito nublado, aguaceiros a partir do início da manhã, que poderão ser por vezes fortes e acompanhados de trovoada, e pequena descida da temperatura máxima.

A previsão aponta ainda para vento moderado a forte de nordeste, com rajadas até 75 km/h, soprando forte nas terras altas, com rajadas até 95 km/h, enfraquecendo a partir do final da tarde.

No Funchal, as temperaturas vão oscilar entre os 18 e os 24 graus Celsius e no Porto Santo entre os 16 e os 21 graus.

Também a capitania do Funchal prolongou o aviso de mau tempo e vento forte na orla marítima da Madeira até às 06:00 de sábado, recomendando que as embarcações permaneçam nos portos de abrigo.

A autoridade marítima regional indica que o vento será de leste/nordeste “temporariamente muito fresco, aumentando para fresco a muito fresco, e para muito fresco a forte a partir da manhã, rodando para quadrante leste moderado a muito fresco a partir do final da tarde”.

/ JGR