Uma carrinha de transporte de tabaco foi roubada, esta terça-feira, através do método de carjacking, em Mem Martins, provocando pânico aos comerciantes da Avenida dos Bombeiros Voluntários que presenciaram o assalto, escreve a Lusa.

Segundo fonte da PSP, o assalto ocorreu às 11h50, quando três homens armados com facas coagiram o condutor de uma carrinha Peugeot, que se encontrava no local, a entregar as chaves da viatura.

De seguida, os homens fugiram na carrinha juntamente com vários volumes de tabaco e 300 euros, tendo abandonado a viatura na zona de Ranholas 20 minutos depois.

Alguns comerciantes da Avenida dos Bombeiros Voluntários presenciaram o assalto e referiram ter estranhado a presença dos três homens que, momentos antes do roubo, circundavam a zona.

«Vi os três homens aqui a passar junto à minha janela e estranhei eles terem luvas nas mãos. De repente olho pela vitrina e vi-os de volta do homem da carrinha», disse à Lusa a proprietária de um dos cafés do local.

Paulo Abreu encontrava-se a beber café neste estabelecimento quando se apercebeu do assalto e tentou ajudar o condutor: «Inicialmente não tive medo, mas quando vejo o indivíduo a dirigir-se a mim com uma faca assustei-me e tive que fugir para dentro do café. Ele entrou no café, mas como me viu com uma cadeira na mão foi-se embora.»

Também a proprietária de um cabeleireiro assistiu ao assalto, tendo sido a primeira a telefonar à polícia, que chegou ao local «cerca de meia hora depois»: « Vi-os a encostar as facas à barriga do senhor, que estava de braços no ar, e a tirarem-lhe as chaves do bolso, então corri para fechar a porta e telefonar à polícia.»