O secretário de Estado das Comunidades enalteceu os portugueses da diáspora, em particular aqueles que não conseguem passar a consoada em casa. 

José Luís Carneiro disse ainda sentir imenso orgulho por representar o país onde quer que esteja. 

É uma satisfação poder dar conta do orgulho que tenho em representar tantas pessoas que se sentem de Portugal onde quer que esteja", disse.

Os votos de festas felizes do governante foram dirigidos para aqueles que não podem ou não conseguem estar no seu país e junto da família nesta quadra.

"Falo para aqueles que nem na quadra natalícia conseguem vir a casa. A quem passa o Natal longe do seu país, sem as suas famílias, sem os seus amigos, aos doentes, aos mais carenciados, aos idosos, às crianças e aos mais sós desejo que este tempo seja sinal de mudança, ponto de partida para um futuro melhor", sublinhou.

O secretário de Estado referiu ainda que o trabalho realizado junto das comunidades portuguesas obedece a um propósito claro. "O que temos feito tem um lema, estar perto de quem está longe. A começar pela proteção e emergência consulares", referiu.

Para o próximo ano, José Luís Carneiro garante continuar o trabalho de proximidade junto das comunidades que sempre o acolheram bem onde quer que vá.

Verónica Ferreira