O furacão Lorenzo deverá atingir os Açores na próxima quarta-feira, prevendo-se, no entanto, que perca intensidade "à medida que se aproxima" do arquipélago, revelou hoje o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Em nota enviada à imprensa, o IPMA informa que, esta manhã, o furacão encontrava-se a 2.600 quilómetros a sudoeste dos Açores, deslocando-se para norte/noroeste.

Tendo em conta os últimos resultados dos modelos meteorológicos, existe uma maior probabilidade de os grupos Ocidental e Central serem os mais afetados. No entanto, devido à distância a que o furacão se encontra, existe ainda um grau de incerteza relativamente à sua trajetória e respetiva intensidade com que poderá atingir o arquipélago", precisa o instituto.

O furacão é de categoria 4 na escala de Saffir-Simpson, que oscila entre 1 e 5 e classifica a intensidade dos fenómenos desta natureza.

/ HMA