A empresa nacional responsável pela manutenção do material ferroviário, a EMEF, garantiu que as automotoras que circulam na linha do Tua são das mais «fiáveis e seguras» de toda a frota da CP, informa a agência Lusa.

Num comunicado, a empresa estatal EMEF destaca que as «motoras da linha do Tua apresentam os melhores índices de fiabilidade e segurança de toda a frota da CP».

Tua: circulação proibida por tempo indeterminado

Tua: autarca quer investigação sobre vala

Os esclarecimentos surgem duas semanas depois do último acidente que envolveu um destes veículos, que descarrilou numa viagem entre Mirandela e o Tua, provocando um morto e mais de 40 feridos.

No comunicado, a EMEF, explica todo o sistema de certificação, manutenção e reparação destes veículos das chamadas automotoras LRV-9500, em serviço na linha do Tua e noutras ferrovias de via estreita do norte do país, nomeadamente as do Corgo e Tâmega.

«Em toda a série dos veículos LRV - 9500, o ciclo de manutenção, de acordo com o documento que define a periodicidade e profundidade das intervenções durante a vida útil do veículo, é cumprido de forma rigorosa», garante a EMEF.

A empresa assegura ainda que a automotora acidentada a 22 de Agosto foi submetida a estas intervenções seguidas de ensaios na linha, tendo sido dada como conforme e entregue para o serviço comercial no dia quatro de Julho.

Segundo a empresa, a última inspecção à automotora tinha ocorrido no dia anterior ao acidente.

A EMEF sublinha que este tipo de material circulante se encontra ao serviço do Metro de Mirandela desde 1997 entre as estações de Mirandela e Carvalhais e a circular na linha do Tua desde 2001.

«Automotoras desta série de material circulante estão também ao serviço da CP na linha do Corgo desde 1997 e na linha do Tâmega desde 2002, com bom comportamento apresentando esta série um dos melhores indicadores de fiabilidade de toda a frota de veículos ao serviço na CP», concluiu.