A ministra da Saúde afirmou esta terça-feira que o prazo dado pelo Sindicato dos Enfermeiros para apresentar uma contraproposta sobre a reestruturação das carreiras era demasiado curto, e sublinhou que esse documento só deve estar pronto no final da semana, escreve a Lusa.

O Sindicato dos Enfermeiros convocou uma nova greve de dois dias para o início de Abril, devido à falta de resposta do Governo, cujo prazo era até segunda-feira.

A ministra da Saúde considerou, no entanto, que o prazo foi demasiado curto, já que a última reunião entre os sindicalistas e a tutela aconteceu na quinta-feira.

Enfermeiros marcam nova greve

«A reunião correu bem e foi agendada uma outra para a qual não foi marcada data. Houve um compromisso do Ministério enviar o resultado daquela reunião de consenso, mas os sindicatos só nos deram dois dias», declarou Ana Jorge, à margem de uma visita ao Hospital Curry Cabral.

«Em dois dias não se pode preparar tudo o que era necessário para outra conversa e reunião de diálogo», frisou a governante, notando que «o processo é complexo e envolve várias estruturas e ministérios».

«Logo que seja possível»

Ana Jorge garantiu que o Ministério vai enviar o documento «logo que seja possível», previsivelmente até ao final da semana. «Vamos ver se conseguimos fazê-lo, porque o trabalho não é só do Ministério da Saúde», referiu.
Redação / PP