O Governo de Portugal vai disponibilizar 150 mil euros para ações de formação e capacitação em conservação no Parque Nacional de Gorongosa (PNG), centro de Moçambique, anunciou hoje o ministro do Ambiente e Transição Energética português, João Matos Fernandes.

João Matos Fernandes adiantou que a ajuda enquadra-se na contribuição de Portugal para a reconstrução das infraestruturas destruídas pelos ciclone Idai, que provocou em março passado uma devastação no centro de Moçambique.

O PNG "é uma zona muito bem organizada, mas que sofreu com a passagem do ciclone", assinalou Fernandes.

O apoio vai ser canalizado para pequenos projetos estruturas na área de formação e capacitação em conservação, acrescentou.

Visando a materialização da ajuda, o ministro do Ambiente e Transição Energética assinou hoje com a Fundação Gorongosa o respetivo protocolo.

João Matos Fernandes reiterou o compromisso de Portugal no apoio à reconstrução das infraestruturas destruídas pelo ciclone Idai, apontando o financiamento à construção de uma Estação de Tratamento de Água na Beira como uma das provas desse empenho.

O governante português encontra-se na cidade da Beira, para testemunhar os estragos provocados pelo ciclone Idai e acompanhar o envolvimento de Portugal na ajuda à reconstrução, bem como participar nas celebrações do Dia Portugal com a comunidade portuguesa residente na Beira.