levando a que um só juiz tenha pendente sobre si até 500 crianças























Redação / CF