O Ministério Público instaurou um inquérito para averiguação das circunstâncias em que ocorreu a morte de um menino de três anos num tanque de rega, em Barcelos, disse hoje fonte da Procuradoria-Geral da República. Segundo a fonte, ainda não há arguidos constituídos.

Um menino de três anos foi encontrado, pelas 18:00 de domingo, "num tanque de rega nas proximidades da casa dos pais" em S. Pedro de Alvito, Barcelos, distrito de Braga.

À Lusa, o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) adiantou que, após receber a chamada de alerta, foram acionados os Bombeiros Voluntários de Barcelos e a Viatura Médica de Emergência e Reanimação de Barcelos, bem como uma equipa de psicólogos.

A criança encontrava-se em paragem cardiorrespiratória e as equipas realizaram manobras de suporte avançado de vida, mas sem sucesso, tendo o óbito sido declarado no local".

A GNR disse à Lusa que recebeu o alerta para o desaparecimento da criança pelas 15:30.

Após receberem o alerta, as autoridades iniciaram as buscas, que culminaram com a descoberta do corpo da criança.