O corpo da idosa de 83 anos que estava desaparecida desde segunda-feira foi encontrado, esta quarta-feira, junto a uma barragem no concelho de Beja com "indícios de crime", disse à agência Lusa fonte da GNR.

Segundo a fonte, o corpo foi encontrado por militares da GNR cerca das 10:40 junto a uma barragem situada no Monte Quartelha e a poucos quilómetros de um lar da aldeia de Santa Clara de Louredo, onde a idosa vivia e do qual tinha desaparecido na segunda-feira.

Militares do Núcleo de Investigação Criminal do Comando Territorial de Beja da GNR deslocaram-se ao local e por detetarem "indícios de crime" passaram o caso para a Polícia Judiciária, que o irá investigar, disse a fonte.

A idosa tinha desaparecido do lar onde vivia, em Santa Clara de Louredo, cerca das 20:00 de segunda-feira, e o alerta foi dado à GNR por volta das 21:00, através do 112, precisou a fonte.

As buscas começaram pouco depois e até hoje envolvem um total 21 militares e três binómios cinotécnicos (um militar e um cão de busca) da GNR, além dos bombeiros.