Um piloto da TAP morreu na Alemanha, vítima de morte súbita, apurou a TVI. O homem foi encontrado morto no quarto do hotel, em Estugarda. 

A informação já foi confirmada pela TAP, em comunicado enviado às redações. "As informações recebidas das autoridades locais apontam para causas naturais da morte", adianta a companhia aérea. 

O piloto tinha 38 anos e era natural de Coimbra. De acordo com o jornal "As Beiras", tinha um histórico de problemas cardíacos e teria já sido operado ao coração hos Hospitais da Universidade Coimbra. Tinha sido considerado apto para exercer a profissão, apesar dos problemas de saúde. 

O voo tinha partida marcada para as 06:05, em Estugarda, e chegava a Lisboa às 07:48, mas foi entretanto cancelado.