Um homem de 51 anos morreu esta segunda-feira na sequência de um acidente de trabalho, quando efetuava uma descarga de toros de madeira, em Paiol, no concelho de Sines, distrito de Setúbal, disse fonte da GNR.

A mesma fonte indicou à agência Lusa que o homem "estava a cortar as cintas de uma carga de toros de madeira que estava no reboque de um camião, tendo esta lhe caído em cima".

O óbito foi declarado no local, tendo o corpo sido encaminhado para o serviço de Medicina Legal do Hospital do Litoral Alentejano, em Santiago do Cacém, indicou a fonte da Guarda Nacional Republicana (GNR).

Segundo fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Setúbal, a Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) foi contactada para averiguar as circunstâncias em que ocorreu o acidente.

O alerta para o acidente, ocorrido no Monte Mudo, foi dado às 17:20, de acordo com o CDOS.

Foram mobilizados, bombeiros e veículos da corporação de Sines, uma viatura médica de emergência e reanimação (VMER) do Hospital do Litoral Alentejano, elementos do Serviço Municipal de Proteção Civil e psicólogos do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), além da GNR, num total de 16 elementos, apoiados por seis veículos.

/ AG