Portugal regista, nesta quinta-feira, mais quatro mortos e 1.382 ovos casos de covid-19, de acordo com o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Os óbitos ocorreram todos na região de Lisboa, a mais afetada pela pandemia, com 39,4% dos casos diários (544). Seguem-se as regiões Norte e Centro, respetivamente, com 24,5% e 24,4% das novas infeções.

Duas das vítimas mortais tinham entre 70 e 79 anos e duas mais de 80 anos.

Nas últimas 24 horas, os internamentos desceram para 357, com menos 27 doentes, mas mais seis em cuidados intensivos, unidades onde se encontram 73 internados.

O país tem, neste momento, mais de 32.000 casos ativos, mais 542 que na quarta-feira, elevando o total para 32.480. Em contactos de vigilância com as autoridades de saúde estão, ainda, 23.028 pessoas, menos 102.

Mais 836 pessoas recuperaram da doença, com o total de recuperados a chegar, agora, a 1.043.384 milhões.

Desde o início da pandemia já morreram 18.184 doentes dos 1.094.048 infetados.

O índice de transmissibilidade, o R(t), está acima de 1, concretamente em 1,03, enquanto a taxa de incidência está nos 104,3 casos por 100.000 habitantes, parâmetros de análise da covid-19 que serão atualizados apenas na sexta-feira.

Boletim da DGS - 4 de novembro by TVI24

Catarina Machado