As multas para quem violar as regras de segurança das praias vão variar entre os 50 e os 100 euros, refere o Jornal de Notícias.

O uso de proteção individual contra a covid-19 vai ser obrigatória nos acessos, restaurantes, paredões e balneários.

Também o desrespeito da distância de um metro e meio entre as toalhas vai ser punido, assim como a entrada numa praia já com a lotação toda preenchida ou a prática de jogos no areal.

Os concessionários também terão multas mais pesadas, entre os 500 e os mil euros, caso não cumpram a higienização dos equipamentos ou a afixação das regras.

As medidas fazem parte do projeto de decreto-lei que regula o acesso às praias, aprovado em Conselho de Ministros no início deste mês.

Em algumas zonas do país, a época balnear abre no próximo sábado.

/ CP