A task-force de vacinação contra a covid-19 quer começar a vacinar a faixa etária acima dos 30 anos até ao final de junho, segundo uma fonte da task-force confirmou à TVI.

Essa “ambição” e “expectativa”, de acordo com a mesma fonte, decorrem da estratégia de começar a vacinar faixas etárias por semana, priorizando as idades mais avançadas e permitindo um avanço entre a administração de vacinas por idades.

Ou seja, a task-force espera, a cada semana, fazer descer a faixa etária que começa a ser vacinada, permitindo que, no final de junho, os maiores de 30 anos comecem a ser chamados ou a poderem fazer o auto-agendamento.

A task-force confirma ainda à TVI que vai haver brevemente um reforço da vacinação na região do Algarve, que tem registado taxas de vacinação inferiores à média nacional. Este era um pedido que já tinha sido feito pelo setor do turismo, uma vez que há camadas mais jovens da população algarvia que trabalham na área e assim conseguiriam ter uma maior segurança.

O Algarve “é uma região com uma população tendencialmente mais jovem, o que explica a inferior taxa de vacinação”, explicou fonte da task-force.

Esta notícia tinha sido avançada já pela Associação da Hotelaria de Portugal, que “recebeu a confirmação da intenção de iniciar um reforço da vacinação na região do Algarve”, acelerando a taxa de população vacinada.

No comunicado, esta associação admitia que o seu pedido tinha sido feito para “garantir uma rápida retoma da atividade turística e manutenção de empresas e postos de trabalho numa região muito dependente da atividade turística”.