A Pousada da Juventude do Porto, com capacidade para 35 pessoas, pode receber a partir de quinta-feira idosos com teste negativo à covid-19 provenientes dos lares do distrito, nomeadamente dos 48 onde atualmente há surtos ativos, foi hoje divulgado.

A informação sobre os surtos ativos em estruturas residenciais para idosos do distrito foi avançada por Marco Martins, presidente da Comissão Distrital de Proteção Civil do Porto, numa visita às instalações daquela unidade de retaguarda

Na mesma visita, o presidente da Câmara do Porto, Rui Moreira, referiu que a capacidade da estrutura poderá vir a ser alargada, passando a disponibilizar 70 camas.

A Estrutura Distrital de Acolhimento Provisório para Pessoas com Teste Negativo à Covid-19, cuja coordenação e admissão ficará a cargo da Comissão Distrital de Proteção Civil do Porto, estará disponível até 31 de março de 2021, caso se entenda necessário, devendo ser feita uma avaliação em finais de fevereiro.

Acompanhado pelo presidente da Comissão Distrital de Proteção Civil do Porto e autarca de Gondomar, Marco Martins, Rui Moreira reconheceu que as respostas de retaguarda a nível distrital podem não ser suficientes, dada situação de "extraordinária gravidade" que o país e a região Norte enfrentam.

Não é improvável que as respostas que estão a ser colocadas no terreno neste momento sejam insuficientes. Temos, no entanto, a certeza de que há uma enorme limitação de recursos humanos. Não é por recursos materiais da Câmara do Porto, e tenho a certeza também das outras câmaras, que essa resposta não será dada", disse.

Também Marco Martins, que destacou o trabalho em rede que está a ser feito no distrito, reconheceu que, apesar de estar "tudo controlado" "de um momento para o outro" a situação pode "descambar e disparar".

Esta resposta articulada distrital permite acautelar isto e dar tranquilidade as pessoas", disse, revelando que hoje de manhã havia 48 surtos ativos em lares do distrito do Porto.

O autarca de Gondomar disse que o Mosteiro de Santa Escolástica, em Santo Tirso, vai acolher um Centro Distrital de Retaguarda para doentes não covid-19, se a oferta disponível na Pousada da Juventude do Porto e no Seminário do Bom Pastor, em Valongo, esgotar.

A criação desta estrutura, com 30 camas, foi anunciada esta manhã visa "aliviar a pressão" registada em hospitais devido à pandemia de covid-19.

Em caso de necessidade, em Paços de Ferreira, será adaptada de uma parte do antigo hospital da Misericórdia com capacidade para 35 doentes.

Articuladamente, iremos todos garantir respostas que funcionem para que nenhuma estrutura fique dependente da sua operação por não ter local para evacuar consoante a situação seja positivo ou negativo", afirmou.

Na visita, eram esperados os secretários de Estado da Saúde, António Sales e Eduardo Pinheiro, secretário de Estado da Mobilidade e coordenador Regional Norte para a covid-19, que ficaram retidos na reunião prevista para o início da tarde com os presidentes das Comunidades Intermunicipais da Região Norte e da Área Metropolitana Porto.

/ DA