Um empresário foi detido no âmbito de uma operação de combate ao tráfico de veículos que também permitiu apreender dois automóveis topo de gama, valendo mais de 100 mil euros cada, divulgou hoje a PJ/Norte.

Em comunicado, a Diretoria do Norte da Polícia Judiciária indica que o detido é um empresário do ramo automóvel de 32 anos “já com antecedentes por este tipo de ilícitos”.

Na investigação do alegado esquema de recetação, falsificação de documentos, legalização e venda de veículos obtidos ilicitamente, a PJ/Norte concluiu que “eram, na sua maioria, provenientes de furtos ou abusos de confiança, praticados no estrangeiro”.

Depois de canalizados para Portugal e alvo de legalização, “através de documentos falsificados”, passavam a circular “como se de viaturas legalmente importadas se tratassem”.

O homem agora detido está indiciado pelos crimes de recetação consumada, burla qualificada e falsificação de documentos de veículos na forma tentada.