O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, felicitou esta terça-feira a TVI e a Produtora Plural pela atribuição de um Prémio Emmy International à telenovela “Ouro Verde”, na passada semana, em Nova Iorque.

Uma distinção que leva o nome de Portugal ao mundo e que contribui, através da ficção televisiva, para a promoção da língua, da música e da cultura portuguesa, e que constitui um estímulo para os profissionais envolvidos e para todos os cidadãos, com o reconhecimento da competência e da qualidade nacionais nos palcos internacionais".

Marcelo Rebelo de Sousa publicou esta mensagem na página oficial da Presidência da República, na Internet.

A telenovela portuguesa “Ouro Verde”, da produtora Plural Entertainment Portugal, foi distinguida no passado dia 20 nos International Emmy Awards, em Nova Iorque.

“Ouro Verde”, da autoria de Maria João Costa, protagonizada por Diogo Morgado e Joana de Verona, disputava a categoria Telenovela com “Cesur ve Guzel”, “Istanbullu Gelin”, ambas da Turquia, e “Paquita La Del Barrio”, do México.

“Ouro Verde” foi emitida na TVI entre janeiro e outubro do ano passado.

A primeira telenovela portuguesa distinguida com um Emmy Internacional foi “Meu Amor”, em 2010, também emitida na TVI, protagonizada por Margarida Marinho, Alexandra Lencastre e Rita Pereira.

No ano seguinte, Portugal voltou a vencer na categoria Telenovela dos Emmy Internacional, com “Laços de Sangue”, telenovela emitida na SIC, protagonizada por Joana Santos, Diana Chaves e Diogo Morgado.

Depois disso, Portugal somou apenas nomeações naquela categoria: “Remédio Santo” (TVI) e “Rosa Fogo” (SIC), em 2012, “Belmonte” (TVI), em 2014, e “Mulheres” (TVI), em 2015.

Fundada em 1969, a Academia Internacional das Artes e Ciências da Televisão dos Estados Unidos é uma organização que está representada por membros de mais de 60 países e de cerca de 500 empresas da indústria televisiva.