O Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores registou cinco ocorrências materiais em várias ilhas dos Açores, na sequência do período mais crítico da passagem da tempestade tropical Sebastien.

Está ainda vigente, para todos os grupos do arquipélago dos Açores, um aviso amarelo devido à agitação marítima, que vigora até às 18:00 locais (menos uma que em Portugal continental), mas o período crítico da passagem da tempestade tropical “Sebastien” já passou, tendo sido registadas quedas de árvores e danos em estruturas em várias ilha, sem registo de vítimas.

Segundo avança o Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA), as quedas de árvores aconteceram nas ilhas das Flores, Pico, Graciosa e São Miguel.

Na Terceira, o vento danificou uma pequena estrutura de madeira, em Angra do Heroísmo.

Todas as situações foram prontamente resolvidas com a colaboração dos Bombeiros, Direção Regional das Obras Públicas e Comunicações e Serviços Municipais de Proteção Civil, sob a coordenação do SRPCBA”, adianta a Proteção Civil.

À agência Lusa, o SRPCBA adiantou que a rajada máxima registada pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) na ilha das Flores foi de 118 km/h e, no grupo central, foi de 100 km/h.

O SRPCBA continua a acompanhar a situação, emitindo novos comunicados, caso se justifique”, informa a nota.