«As casas não são de ninguém»