França bateu esta sexta-feira o recorde da temperatura máxima: o termómetro ultrapassou os 45 graus em várias cidades do sul do país.

O anterior recorde de temperatura máxima datava, segundo o Le Monde, de 12 de agosto de 2003, com 44,1º registados em  Saint-Christol-lès-Alès et Conqueyrac, no departamento de Gard.

Esta sexta-feira, 70 departamentos franceses estão em alerta laranja e quatro em alerta vermelho devido à subida das temperaturas. Os quatro em alerta máximo são o departamento de Gard, Vaucluse, de Hérault e Bouches-du-Rhône e Gard, no sul de França, onde se previa que as temperaturas alcançassem os 45 graus.

Pelo menos três pessoas terão morrido no sul de França em resultado da onda de calor que, esta semana, está a atingir a Europa. Os óbitos registados foram associados a choques térmicos. O calor também fez vítimas em Espanha e Itália, onde as temperaturas também têm ultrapassado os 40 graus.