As imagens de violência entre os jovens alertaram para o problema. Dados da PSP, no Dia Mundial de Combate ao Bullying, revelam que em 2017/2018 foram apresentadas 1.898 queixas de ‘bullying’ nas escolas.

Desde ofensas corporais a injúrias e ameaças, mas a PSP acredita que haja muitos casos por denunciar e pede aos pais para estarem atentos aos primeiros sintomas de quem pode estar a ser vitima de violência física ou psicológica.

Um estudo da Organização Mundial de Saúde de 2018 denuncia que quase 16% dos jovens portugueses diz que foi vítima de ‘bullying’ uma vez por semana. E 9% admite que provocou alguém uma vez por semana. A grande maioria das lutas ocorre na escola.

Através do programa Escola Segura está a decorrer uma campanha da PSP que atua junto do primeiro ciclo porque é preciso combater o fenómeno logo de início. O principal motivo das queixas são as ameaças de agressão física.